610435ace8b50-foto_aline_bei_1_-_credito_lorena_dini.jpg

A professora 

Aline Bei  nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. Foi colunista do site cultural Livre Opinião – Ideias em debate, editora chefe do site cultural OitavaArte e escritora convidada na Primavera Literária; Sorbonne Université, França 2018. Também em 2018 participou da Feira Internacional de Guadalajara. Em 2019 participou da Bienal do Rio de Janeiro e da Bienal de Alagoas, além de diversos eventos em Clubes de Leitura, Oficinas de Escrita Criativa e Sescs. O peso do pássaro morto, finalista do prêmio Rio de Literatura e vencedor do prêmio São Paulo de Literatura e do prêmio Toca, é o seu primeiro livro. Será traduzido para o francês em 2021. Acaba de lançar seu segundo livro, “Pequena Coreografia do Adeus” pela Companhia das Letras.

  • Instagram
Imagem Lorena Dini

a oficina

(VAGAS LIMITADAS)

Um Clube de Escrita onde os integrantes podem desenvolver com liberdade artística e aprofundamento estético suas vertentes literárias, independente do gênero textual. O trabalho será a partir de provocações lúdicas, proporcionadas pela mediadora, com o intuito de despertar a criatividade, proporcionando uma intensa produção textual durante o processo imersivo. Os encontros serão usados para escrever os textos propostos, também para ler e ouvir os textos produzidos, além de exercícios para serem feitos em casa.

Contexto/Justificativa/Relevância:

O Clube de Escrita tem por objetivo proporcionar um ambiente fértil, lúdico e acolhedor para a produção literária, independente do gênero textual. É de suma importância a investigação da dicção de cada integrante, as potências e as especificidades da linguagem, além de promoção da escuta crítica de outros textos além dos próprios. Com os exercícios e as leituras coletivas dos textos produzidos durante os estudos, temos o intuito de integrar o grupo, fortalecê-lo, criando uma rede de escritores-leitores que possam se apoiar no futuro. Por fim, almejamos criar uma rotina semanal de escrita e leitura, algo que consideramos fundamental para a formação de um escritor.

Datas e horários: 05, 12, 19 e 26 de novembro, sextas-feiras - 19 - 21h

Proposta de cada aula:

 

Para tanto, seremos guiados por quatro palavras-chaves, uma por encontro:

 

Perdão

(uma noiva, um padre)

 

Depois das apresentações iniciais, a mediadora trará a seguinte imagem: É manhã, bem cedo. Uma noiva caminha pela calçada de uma via rápida, ela está com a maquiagem borrada, os cabelos soltos e tem uma carta nas mãos. De repente ela abandona

a carta pelo caminho, também os sapatos. Você, mais atrás, recolhe os dois. Olha a noiva

até a perder de vista

e então abre

a carta,

 

o que está escrito?

 

Para casa: conte-nos um dia atípico na vida do padre Tenório por culpa de algo que ele escuta no confessionário e que o abala profundamente.

 

Raiva

(histórias de amor)

 

Depois das leituras iniciais dos textos produzidos em casa, a mediadora vai sortear para cada integrante um problema de saúde e uma pessoa (por exemplo: irmão, pai, melhor amigo, etc.) Os integrantes, de alguma forma, terão que unir as duas coisas. Para casa: entre na palavra raiva, como se ela fosse uma cidade ou um cômodo. O que tem lá? Vou sortear para cada integrante uma coisa que eu encontrei na minha palavra raiva. Eles terão que levar essa coisa para a palavra deles.

 

Estranho

(objeto/distopia)

 

Depois das leituras iniciais dos textos produzidos em casa, a mediadora pedirá que cada integrante crie um objeto e o descreva, em sua aparência e possíveis funções. Para casa, crie uma distopia. Para cada distopia, há uma única regra que será sorteada para cada integrante.

 

Movimento

(festa/viagem)

 

Depois das leituras iniciais dos textos produzidos em casa, a mediadora pedirá que os integrantes criem a cena de uma festa, quando de repente algo (que será sorteado para cada integrante) começa a acontecer. Para casa, escolha um meio

de transporte e durante essa locomoção seu personagem tomará uma decisão, você escolhe qual.

 

 

Público-alvo: Escritores e aspirantes a escritores que queiram aprofundar seus processos criativos em grupo. É importante que o inscrito esteja aberto para novas experiências.

VAGAS ESGOTADAS.

VAGAS ESGOTADAS.